Programa de crédito e empreendedorismo para mulheres é lançado em decreto de Jair Bolsonaro

Compartilhe

Chamado de Estratégia Nacional de Empreendedorismo Feminino – Brasil pra Elas, programa vai incentivar a criação e expansão de negócios liderados por mulheres.

O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta terça-feira (8), decreto que cria um programa para ampliar o acesso ao microcrédito e com iniciativas de empreendedorismo para mulheres, chamado de Estratégia Nacional de Empreendedorismo Feminino – Brasil pra Elas.

Segundo o Ministério da Economia, a estratégia reúne ações, como acesso à crédito, cursos técnicos e informações sobre finanças para mulheres. A intenção é incentivar a criação e expansão de negócios liderados por mulheres.

O programa foi lançado em evento de comemoração ao Dia da Mulher no Palácio do Planalto, onde o governo anunciou diversas medidas, como a distribuição gratuita de absorventes e outros itens de higiene.

Segundo a secretária especial de Produtividade e Competitividade, Daniella Marques Consentino, o programa envolve os ministérios da Economia, da Mulher, da Cidadania, bancos públicos e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

“O Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o Banco da Amazônia (Basa) vão oferecer linhas de crédito especiais para micro e pequenas empresas. Haverá apoio de educação empreendedora do Sebrae para quem está começando a empreender e para aquelas mulheres que precisam incrementar seus negócios próprios. O Banco do Nordeste (BNB) e o Basa atuarão no segmento de microcrédito”, afirmou o Ministério da Economia em nota.

Segundo a pasta, para estimular mais empréstimos, serão utilizados os recursos do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), que dará garantia de 80% do valor emprestado, ofertando crédito assistido para empresas que possuam mulheres no seu quadro societário, buscando alcançar 100% desses empreendimentos.

O presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, lançou ainda um pacote com redução de taxas para empréstimos às mulheres durante o mês de março. Segundo ele, haverá redução de taxas para microempresas em até 45% para empreendimentos em que mulheres são as donas e de 37% no cartão de crédito.

Guimarães também anunciou parceria com o banco indiano Grameen Bank para concessão com microcrédito.

Por g1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

I accept the Terms and Conditions and the Privacy Policy